Brasil é segundo país no ranking de franqueadores no mundo

Abril / 2011

O país passou a ter 2.226 empresas franqueadoras em 2010; o setor de educação está entre os que mais se destacaram

  O Brasil ocupa hoje a 2ª posição em relação ao número de franqueadores no mundo, de acordo com recente pesquisa da Rizzo Franchise. Com 2.226 marcas, o país ultrapassou os Estados Unidos, ficando atrás apenas da China, que possui 2.600. Atualmente, são inauguradas no Brasil 1.017 franquias por mês, ou seja, 33 unidades por dia. Somente no ano passado, foram abertas 12.198, com geração de 171.281 empregos. A evolução do franchising pode ser notada também na receita gerada em 2010, de cerca de R$ 250 bilhões. O valor equivale a quase um décimo de toda a riqueza gerada no país, representando 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB). Para este ano, a previsão é um crescimento de 13% no número de franqueadoras em relação ao ano passado, com faturamento girando em torno de R$ 269 bilhões. Deverão ser abertas 300 novas franquias e 144 mil vagas de emprego.

  

O segmento de educação é um dos que apresenta maior crescimento. A rede nacional de franquias Number One confirma a boa fase do setor. No ano passado, ela expandiu sua rede em 18%, passando a ter 160 pontos de ensino em 13 estados. Como consequência, foram gerados cerca de 200 empregos. Só em relação ao número de professores houve um aumento de 5%, que são atualmente 1,3 mil. Para a superintendente geral do Number One, Thelma M. Lawton, vários fatores influenciam para o bom desempenho do franchising no país. ?No nosso caso, foi porque investimos pesado em um plano nacional de expansão, que contou com participação em eventos e feiras do setor e campanhas de comunicação e de marketing. Mas, de modo geral, as pessoas estão investindo mais em franquias porque é uma opção menos arriscada. Além disso, há uma série de vantagens, como trabalhar com uma marca já consolidada no mercado, assim como muitos de nossos franqueados já relataram?, avalia Lawton. O Number One é a única rede de franquias de idioma no Brasil a receber anualmente o Selo de Excelência em Franchising da Associação Brasileira de Franchising (ABF), desde que estabeleceu o sistema de franquias, em 1991. Também foi indicado em 2005 pelo Guia Empresas e Negócios como uma das melhores franquias do país no setor educação e treinamento.



 O Number One conta ainda com um grande evento a seu favor para atingir a meta de expandir em 20% a quantidade de unidades e em 25% o faturamento. De acordo com a ABF, a Copa do Mundo deve aumentar em 10% o número de escolas de idioma. ?A exigência do inglês está ficando cada dia maior, por isso mais brasileiros estão procurando cursos de idiomas para aproveitar as oportunidades, inclusive as que surgirão por causa da Copa e dos Jogos Olímpicos?, acredita Lawton.   Por esse motivo, o curso Essential teve grande procura no ano passado. Ele foi criado especialmente para qualificar profissionais da hospitalidade, como hotelaria e transporte, para esses eventos. Já são onze escolas do Number One oferecendo esse curso de curta duração, com foco no aperfeiçoamento da desenvoltura do aluno no inglês em situações reais.