Franchising: um negócio próspero

*** Marcio Mascarenhas - presidente da rede de franquias Number One



O Brasil é o sexto país no mundo que mais aderiu ao sistema de franquias (franchising), com 93.098 unidades, representando um aumento de 80% no número de franquias na última década. Somente em 2012, o setor cresceu 16,2% e faturou mais de R$103 bilhões, conforme a Associação Brasileira de Franchising (ABF). Minas Gerais é um mercado promissor em franchising, com 5,8% da participação em redes de franquias, resultando em 118 redes e 3.723 unidades de diferentes segmentos. O mercado brasileiro vive um momento próspero para quem espera uma oportunidade de abrir o próprio negócio, principalmente no setor de franquias, devido à baixa taxa de juros da economia.



O cenário promete negócios ainda melhores com a aproximação da Copa do Mundo e Olimpíadas. A franquia de idiomas é uma das áreas influenciadas positivamente com aumento considerável na demanda por cursos. O conhecimento de um idioma já se tornou um quesito obrigatório para o ingresso em grandes empresas. Outro importante incentivo está no programa ?Ciências sem Fronteiras?, do governo federal, concedendo 75 mil bolsas de intercâmbio até 2015, gerando um aumento considerável na procura. 

O franchising é uma tendência mundial e apresenta uma excelente oportunidade de o empreendedor trabalhar com um negócio, cuja marca já é conhecida e respeitada no mercado. Além disso, o franchising garante o direito de uso da marca e/ou patente para a distribuição exclusiva ou semi-exclusiva de produtos ou serviços. A padronização do sistema de franquias garante segurança e estabilidade, dificilmente conquistadas no início de novos negócios. Para abrir uma empresa, o franqueado recebe auxílio, ferramentas, treinamentos e manuais que garantirão a qualidade de consistência de cada estabelecimento, mantendo a unidade da marca.



Um modelo de investimento que também ganha espaço é a micro franquia ou núcleo de ensino. A versatilidade e retorno imediato do capital garantem a essa modalidade de franquia um excelente custo e benefício, principalmente, para quem tem poucos recursos financeiros. De acordo com dados da ABF, o Brasil tem 336 microfranquias com investimento de até R$50 mil, gerando um faturamento de R$ 3,9 bilhões, equivalendo a 16% dos negócios no setor.



O franchising gera muitas oportunidades de negócios. Entretanto, é sempre importante os interessados avaliarem alguns aspectos antes de abrirem o negócio, como a escolha do perfil da franquia que mais interessa; garantir que esteja com dinheiro suficiente para manter o negócio, desde a taxa de franquia até a montagem física, bem como capital de giro para operacionalizar a franquia.



O empresário não pode pensar que abrirá uma franquia e o negócio dará certo por si só. Será preciso atuar para expansão. O fato é que o empreendedor consciente do negócio e do mercado terá, com certeza, um retorno positivo e poderá multiplicar seu investimento com sucesso.